TERCINA

Um é amigo Leal.

Outro como uma Rosa.

O do meio, de especial,

tem seu verso e sua prosa.

___________________

L he digo que Leal

E ste rapaz de fato é.

A ge sem querer o mal,

L uta pelo que tem fé.

___________________

R egente de si mesmo

O uro e prata não lhe compram

S em nunca andar a esmo

A ma aqueles que lhe amam

____________________

Amizade assim nunca vi.

Nunca tive notícia, nunca vivi.

Sinto algo muito especial,

Amigos Rosa e Leal.

____________________

Por isso até me atrevo,

escrevo de forma infantil.

Pra mim, vocês são o trevo,

que de fato jamais existiu!

____________________

Não sei como isso nasceu,

só pode ser obra de Deus!

À vocês me resta agradecer

do fundo de meu ser!

_____________________

Obrigado por sua amizade

Obrigado por sua lealdade

Obrigado por sua vontade

De fazer minha vida mais feliz!

Robson Ribeiro

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Poesia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s